Minas Gerais enfrentará quarta onda de calor com altas temperaturas

Altas temperaturas devem persistir até o início de maio, afetando principalmente o centro-sul do país

Por:

O Brasil está prestes a enfrentar sua quarta onda de calor desde o início do ano, conforme previsto pela Climatempo. Espera-se que as temperaturas elevadas continuem predominando até o dia 2 de maio, impactando principalmente os estados da região centro-sul do país.

Os estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná devem experimentar temperaturas significativamente altas. Em outras regiões, como Santa Catarina, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Bahia, Tocantins, Rondônia e partes de Minas Gerais e Paraná, as temperaturas deverão ficar entre 3 e 5 graus acima da média.

A Climatempo indica que uma área de alta pressão atmosférica na média atmosfera deverá se intensificar sobre Mato Grosso do Sul e Paraná, com tendência a se deslocar para o Sudeste nos próximos dias. Este sistema deve permanecer na região centro-sul, criando um bloqueio atmosférico que impede a chegada de frentes frias ao Centro-Oeste e Sudeste, mantendo o ar seco e quente na área.

Ondas de calor

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma onda de calor é caracterizada quando as temperaturas se mantêm 5ºC acima da média por mais de cinco dias consecutivos. “Este cenário deve ocorrer em áreas centrais e oeste de São Paulo, noroeste do Paraná, todo o estado de Mato Grosso do Sul, triângulo Mineiro e sul de Goiás, onde os termômetros podem ultrapassar os 35ºC”, informa a Climatempo.

Além do calor durante o dia, as madrugadas também devem ser abafadas em Mato Grosso do Sul, Paraná e oeste de São Paulo, devido ao fluxo de ar quente que ocorre na transição de abril para maio. Em contrapartida, no leste de São Paulo, Minas Gerais, Goiás e no Distrito Federal, as temperaturas devem ficar de 3ºC a 5ºC acima da média, porém, com mínimas mais baixas devido à aridez do ar.

Amplitude térmica

A Climatempo alerta para a amplitude térmica, que pode atingir até 22°C de diferença entre as mínimas e as máximas. Além disso, o centro-norte do Paraná, o estado de São Paulo (exceto o litoral), noroeste e triângulo Mineiro, sul de Goiás e centro-leste de Mato Grosso do Sul estão sob alerta para umidade relativa do ar abaixo de 30%, enquanto a OMS recomenda umidade entre 50% e 60%.

Chuvas pelo país

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de perigo potencial de chuvas intensas no Norte e Nordeste do Brasil, com risco de chuva entre 20 e 30mm por dia ou até 50 mm por dia e ventos intensos de 40 a 60 km/h. Entre as áreas afetadas estão Acre, Amazonas, Rondônia, Mato Grosso, Pará, Tocantins, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba. Há também alerta para acumulado de chuva no nordeste, centro-norte, centro-sul e sul da Bahia com baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos.

Tags: calor
Home » Cidades » Minas Gerais enfrentará quarta onda de calor com altas temperaturas

Notícias Relacionadas