Curtas do Zeca

Por:

O presidente Lula está preocupado com a pulverização da ala centro-esquerda em BH para as eleições deste ano. Além do atual prefeito Fuad Noman, também são pré-candidatos os deputados federais Rogério Correia (PT) e Duda Salabert (PDT), além da deputada estadual Bella Gonçalves (PSOL). A coluna aposta em Fuad como cabeça de chapa e Rogério Correia como vice.

O impasse sobre a reoneração da folha de pagamento de 17 setores da economia continua. Oposição quer que o senador mineiro Rodrigo Pacheco devolva a medida provisória sem analisá-la. Governistas querem contemporizar para aumentar os tributos gradualmente. O jogo em questão é para alcançar o déficit zero, ainda em 2024. Impressionante a capacidade de o governo enforcar o empresariado brasileiro. Sem crédito na praça, economia andando de lado e, com a reoneração, o desemprego pode subir substancialmente.

Por falar em déficit fiscal, o governo petista planeja aumento para os servidores públicos federais de 18%. Nos benefícios, mais de 100%. Aqui em Minas Gerais, os deputados estaduais aumentaram em quase 80% o auxílio-moradia. É assim: todo dia temos uma surpresa do gênero. Déficit zero só no dia em que o sargento Garcia prender o Zorro.

Ainda sobre a desoneração da folha, a Fiemg divulgou um estudo que mostra o potencial de arrecadação se o governo taxar as importações abaixo de 50 dólares. Segundo o estudo, seriam cerca de 19 bilhões de reais de arrecadação. Mas o governo do PT não gosta de mexer em consumo, prefere estrangular o empresariado.

E esta bolsa educação aprovada ontem? Só os insensíveis para ficar contra medidas que beneficiam os mais necessitados. Mas, tinha tanta coisa para mexer na educação, para evitar a evasão do ensino médio, que optaram pela mais populista. Só para lembrar, na tabela de ranking mundial, somos o 65° na matemática

Os prefeitos de Belo Horizonte e Nova Lima fizeram, ontem, um encontro interessante. Fuad e João Marcelo. O primeiro conhecido pela sua experiência e pela capacidade técnica mais do que comprovada, o segundo, um jovem promissor político mineiro. Eles trataram de agenda comum às duas cidades. Espero que os dois tenham coragem para enterrar a proposta dos moradores de tornar o pontilhão em um parque linear, para usar o espaço em solução de mobilidade. A possibilidade de criação de um parque era para ter sido feita lá atrás, quando planejaram a região. Depois que as construtoras fizeram o que quiseram na maior especulação imobiliária das duas cidades e estrangularam as vias de acesso, não há outra coisa a se fazer do que transformar o espaço para desafogar o trânsito caótico de lá.

Home » Curtas do Zeca

Leia também

Notícias Relacionadas

Nenhum resultado encontrado.