Aumento de preços faz custo de vida em BH subir mais do que no resto do país

Após quatro meses de queda, o valor da cesta básica sobe e contribui para a alta no custo de vida na capital mineira

Por:

O custo de vida em Belo Horizonte registrou um aumento significativo em junho, conforme revelado pelos dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis (Ipead) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Após um período de relativa estabilidade, os preços de itens essenciais como plano de saúde, energia elétrica e condomínios residenciais impulsionaram a inflação na capital mineira.

O índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-BH) mostrou um crescimento de 1,23% em junho, um salto considerável comparado aos 0,62% registrados em maio. Simultaneamente, a inflação que afeta diretamente as famílias com renda entre um e cinco salários mínimos, medida pelo IPCR, também apresentou aumento, subindo para 1,14% em junho contra 0,67% do mês anterior.

Alta da cesta básica

Mesmo com a alimentação em geral apresentando baixa nos preços, o custo da cesta básica foi na contramão e registrou um incremento de 2,13% em junho, alcançando o valor de R$ 733,62. Esse aumento marca o fim de uma sequência de quatro quedas consecutivas e retorna ao patamar observado em fevereiro. No acumulado dos últimos 12 meses, a alta já soma 7,44%.

Entre os principais vilões do aumento no preço da cesta básica estão a batata inglesa, com um aumento impressionante de 22,40%, seguida pelo tomate, que subiu 6,57%, e o leite, com alta de 5,53%. Curiosamente, a queda nos preços de produtos como mamão e lasanha bolonhesa contribuiu para mitigar a inflação, que acumula 6,97% nos últimos 12 meses pelo IPCA-BH e 5,43% pelo IPCR.

Em resumo, embora alguns alimentos tenham apresentado queda nos preços, o aumento em serviços essenciais e em produtos chave como batata, tomate e leite impulsionaram a inflação, elevando o custo de vida para os moradores de Belo Horizonte.

Tags: inflação
Home » Economia » Aumento de preços faz custo de vida em BH subir mais do que no resto do país

Notícias Relacionadas