Samarco apresenta nova proposta de acordo por rompimento de barragem

Samarco, Vale e BHP Brasil apresentam proposta de R$140 bilhões para reparação do desastre de Mariana

Por:

A Samarco, juntamente com a BHP Brasil e a Vale, divulgou uma nova proposta de acordo para a reparação dos danos causados pelo rompimento da barragem do Fundão, em Mariana, ocorrido em novembro de 2015. A proposta, que visa um pagamento de R$ 140 bilhões, foi anunciada em um comunicado aos investidores nesta quarta-feira (12), destinando os recursos para os atingidos, estados, municípios e ao governo federal.

A iniciativa vem após uma contraproposta de R$ 109 bilhões feita na última quinta-feira (6) pela União e pelos estados de Minas Gerais e Espírito Santo, submetida ao Tribunal Regional Federal da 6ª Região (TRF6). A contraproposta surgiu como uma resposta à oferta inicial de R$ 72 bilhões das empresas, que foi rejeitada pelos entes públicos.

Proposta das mineradoras

A nova proposta das mineradoras inclui a destinação de R$ 82 bilhões ao longo de 20 anos para o Governo Federal, os estados de Minas Gerais e Espírito Santo e os municípios afetados. Adicionalmente, estão previstos R$ 21 bilhões para obrigações futuras ainda a serem realizadas. Importante destacar que os R$ 37 bilhões já despendidos pela Fundação Renova na reparação inicial estão sendo contabilizados no montante total de R$ 140 bilhões.

Os representantes dos entes públicos, em sua manifestação, enfatizaram a importância do respeito aos prazos, considerando os oito anos já transcorridos desde o desastre. “O ‘atraso’ precisa ser considerado no cronograma de pagamento, em respeito aos atingidos”, afirmaram.

Tags: mineração, Samarco
Home » Justiça » Samarco apresenta nova proposta de acordo por rompimento de barragem

Notícias Relacionadas