Luísa Barreto confirma candidatura à PBH, mas partidos a querem como vice

Luísa Barreto enfrenta divergências internas sobre sua candidatura à prefeitura de BH, enquanto outros partidos a consideram para vice

Por:

Enquanto Luísa Barreto, ex-secretária de Estado de Planejamento e Gestão, se posiciona firmemente para disputar a Prefeitura de Belo Horizonte pelo Partido Novo, surgiu uma controvérsia interna sobre sua possível candidatura. Segundo informações, mesmo com a intenção de Luísa em concorrer como cabeça de chapa, há movimentos dentro do próprio partido para que ela seja considerada como vice em uma chapa de centro-direita ou direita, incluindo nomes como Mauro Tramonte (Republicanos), Carlos Viana (Podemos), Bruno Engler (PL) e Fuad Noman (PSD), atual prefeito.

Apesar dos rumores, Luísa Barreto nega qualquer negociação para ser vice e afirma contar com o total apoio do governador Romeu Zema (Novo) e da legenda. “O governador é sempre muito prudente, mas eu não seria pré-candidata se não fosse uma vontade dele. Para eu sair de uma secretaria, se não fosse um entendimento dele de que o meu caminho era ser pré-candidata, não faria sentido. O governador é sempre uma pessoa muito tranquila, e obviamente tem gente que vai falar com ele visões diferentes”, declarou.

Divisão no Partido Novo

As fontes internas do partido indicam que a definição sobre quem receberá o apoio oficial do governador ainda não está clara, com várias facções tentando influenciar essa decisão. Os grupos divergentes dentro do partido sugerem diferentes alianças, desde apoiar Luísa como candidata principal até formar coligações com outros pré-candidatos como Mauro Tramonte e Carlos Viana.

Apesar dessas divisões, as lideranças partidárias defendem a unidade em torno da pré-candidatura de Luísa. Fred Papatella, presidente municipal do Novo, reitera que “nunca existiu” um grupo que negociasse o nome de Luísa como vice. “O nome dela foi apoiado por 100% do diretório municipal e estadual, assim como pelo Professor Mateus (vice-governador), Romeu Zema e nossa bancada de vereadores”, assegura. Da mesma forma, Christopher Laguna, presidente estadual do partido, destaca que o interesse de outros pré-candidatos em ter Luísa como vice evidencia sua força como potencial prefeita.

Em uma nota final sobre sua posição, Luísa ressalta sua independência e compromisso com sua trajetória, independentemente do resultado das eleições. “Tem pré-candidaturas que estão postas por gente que, se não tiver um cargo neste momento, não tem o que fazer. Eu não dependo da política e, se amanhã eu disputar essa eleição e não ganhar, minha vida não acabou”, afirmou.

Tags: eleições 2024, Luisa Barreto, Novo
Home » Política » Luísa Barreto confirma candidatura à PBH, mas partidos a querem como vice

Notícias Relacionadas