Com parecer contra de Boulos, Conselho de Ética vota caso Janones

Reunião do Conselho de Ética discute a cassação de Janones, acusado de práticas ilegais antes de seu mandato

Por:

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados se reuniu nesta terça-feira (28), às 11h, para discutir a cassação do mandato do deputado André Janones (Avante-MG). A ação foi movida pelo PL, que acusa Janones de comportamentos ilegais e incompatíveis com a função parlamentar, relacionados a um suposto esquema investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Pedido de cassação

A denúncia contra o deputado inclui acusações de que Janones teria exigido parte dos salários de seus servidores para cobrir despesas pessoais. Diante das acusações, o deputado negou qualquer ato irregular, reforçando sua posição de inocência. O relator do caso, deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP), apresentou um parecer pelo arquivamento da representação. Boulos justificou sua recomendação ao declarar que “os eventos reportados ocorreram antes do início do mandato atual de Janones”, sugerindo que não caberia à atual configuração do Conselho de Ética julgar o caso.

O Conselho também analisou outra acusação do PL, agora contra a deputada que supostamente ofendeu a família do ex-presidente Bolsonaro durante uma sessão da Comissão de Segurança Pública. O relatório do deputado Júlio Arcoverde (PP-PI) sobre esta questão ainda está pendente de divulgação.

Como parte final do encontro, os membros do Conselho de Ética devem votar e decidir sobre o futuro político de Janones. Este cenário vem acentuar o clima de tensão e divisão já existente no cenário político nacional, reforçando os desafios enfrentados pelo sistema de governança democrático brasileiro. A decisão do Conselho poderá repercutir amplamente, influenciando não apenas a trajetória do deputado André Janones, mas também as práticas éticas no âmbito parlamentar.

Tags: andre janones, principal
Home » Política » Com parecer contra de Boulos, Conselho de Ética vota caso Janones

Notícias Relacionadas