Em visita a Minas Gerais, Lula não vai se encontrar com governador Zema

Em meio a tensões políticas, Lula opta por não incluir o governador Romeu Zema em eventos de lançamento de investimentos em cidades mineiras

Por:

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não vai se encontrar com o governador Romeu Zema (Novo) na sua próxima viagem a Minas Gerais. Esta escolha ocorre em um contexto em que a negociação da dívida mineira avança em Brasília, marcando um distanciamento evidente entre os dois líderes políticos.

Nos bastidores, entende-se que as visitas de Lula teriam objetivo eleitoreiro e, por isso, o governador não vai fazer parte das agendas. A ideia é que o presidente se concentre em cidades onde o PT tem maior probabilidade de sucesso nas próximas eleições municipais, excluindo a capital Belo Horizonte.

Detalhamento das agendas

Em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o presidente está programado para fazer um balanço sobre obras e investimentos federais na quinta-feira (27). O evento ocorrerá às 15h na interseção da LMG-808 com a Avenida Maracanã, local onde foram investidos R$ 300 milhões em infraestrutura. Marília Campos (PT), prefeita e candidata à reeleição, expressou grande expectativa para a visita.

“Temos a retomada do diálogo do município com o governo federal, o que é muito importante, e temos obras e ações para inaugurar. Vamos aproveitar e mostrar ao Lula outras necessidades que temos, com a expectativa de que sejamos atendidos e possamos continuar melhorando a vida do cidadão de Contagem”, afirmou ela ao EM.

Em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, Lula participará na sexta-feira (28) da inauguração do Viaduto Roza Cabinda, sobre a linha férrea na Rua Benjamin Constant. A cerimônia também está agendada para as 15h e contará com a presença da prefeita Margarida Salomão (PT), igualmente favorita à reeleição.

Agenda paralela de Zema

Enquanto Lula visita essas cidades, o governador Zema seguirá uma agenda já marcada há cerca de duas semanas. Ele visitará o Norte de Minas, passando por Espinosa, Mato Verde, Monte Azul, Berizal, Catuti, Mamonas, Brasília de Minas, Mirabela e Montes Claros. Segundo interlocutores do governo mineiro, Zema foi informado apenas sobre a agenda do presidente em Contagem, sem receber avisos sobre a programação em Juiz de Fora.

Este distanciamento entre Lula e Zema não é novo. Na primeira visita de Lula a Minas Gerais após sua eleição para o terceiro mandato, houve uma tentativa de diálogo sobre a renegociação da dívida do estado. No entanto, as relações esfriaram especialmente depois que Zema se alinhou com Jair Bolsonaro (PL) durante as eleições presidenciais. Agora, com o protagonismo nas negociações assumido por Rodrigo Pacheco (PSD), as cordialidades entre Zema e Lula cessaram. Na última visita de Lula ao estado, em abril, quando participou da inauguração da planta de produção de insulina da Biomm em Nova Lima, Zema não foi convidado.

Tags: lula, romeu zema
Home » Política » Em visita a Minas Gerais, Lula não vai se encontrar com governador Zema

Notícias Relacionadas