‘Lugar de bandido é na cadeira’ critica Zema a veto de Lula sobre saidinhas

Zema condena decisão de Lula de manter saídas temporárias de presos durante datas comemorativas, citando risco à segurança

Por:

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, utilizou as redes sociais para expressar seu descontentamento com o veto parcial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à nova legislação sobre as “saidinhas” de presos. A lei, que propunha restrições mais severas às saídas temporárias de detentos, teve parte essencial vetada pelo presidente.

O veto de Lula incidiu sobre o segmento da lei que impedia as saídas temporárias durante datas festivas. Zema, em um post em sua conta no X (antigo Twitter), criticou duramente esta decisão. “Inacreditável o Presidente da República apoiar criminosos contra a vontade dos brasileiros. A decisão dele em manter as ‘saidinhas’ de presos beneficia condenados, vários envolvidos em violência contra mulher, colocando em risco a segurança de todos. Lugar de bandido é na cadeia”, afirmou ele.

Veto à ‘saidinhas’

Este veto é particularmente sensível devido a um incidente trágico que reacendeu o debate sobre as “saidinhas”. O sargento da Polícia Militar de Minas Gerais, Roger Dias, foi morto após ser atingido por dois tiros na cabeça e um na perna. O autor dos disparos era um detento que não retornou ao sistema prisional após uma saída temporária no Natal.

Apesar do veto a este trecho, outras medidas foram aceitas pelo presidente. O texto sancionado inclui a obrigatoriedade de exame criminológico para progressão de regime dos detentos e o uso obrigatório de tornozeleiras eletrônicas, além da proibição de saídas temporárias para condenados por crimes hediondos.

Divergências sobre veto

A decisão do presidente gerou divergências de opinião, destacando o desafio de equilibrar a reforma penal com a segurança pública. A medida, segundo Zema, “coloca em risco a segurança de todos”, sublinhando o impacto direto na vida dos cidadãos. Esta controvérsia continua a ser um ponto focal na discussão sobre políticas de segurança e sistema prisional no Brasil.

Tags: lula, romeu zema
Home » Política » ‘Lugar de bandido é na cadeira’ critica Zema a veto de Lula sobre saidinhas

Notícias Relacionadas