Líder do governo em MG é condenado por corrupção e lavagem de dinheiro

O líder do governo na ALMG, João Magalhães, foi condenado a quase 12 anos de prisão, mas afirma que provará sua inocência

Por:

O deputado estadual João Magalhães (MDB), líder do governo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), foi condenado a 11 anos e 8 meses de prisão em primeira instância pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A decisão, que ainda cabe recurso, foi anunciada nesta terça-feira (18).

Magalhães, que anteriormente foi deputado federal, é acusado de operar um esquema de venda de emendas parlamentares. O Governo de Minas Gerais, através da Secretaria de Estado de Governo da gestão Romeu Zema (Novo), expressou solidariedade ao parlamentar, descrevendo-o como um parceiro “íntegro” e “fundamental”.

Acusação de corrupção

A sentença divulgada aponta que João Magalhães, enquanto deputado federal, manipulava emendas ao Orçamento da União destinadas a obras em municípios mineiros. Conforme a acusação, ele cobrava dos prefeitos um “pedágio” de 10% a 12% sobre os valores empenhados, ameaçando realocar os recursos para outras localidades caso o pagamento não fosse efetuado.

As investigações revelaram que em 5 de outubro de 2007, Magalhães recebeu R$ 38 mil de Luiz Denis Alves Temponi, então prefeito de Tumiritinga, como pagamento pela liberação de uma emenda parlamentar. Temponi, por sua vez, também foi condenado por corrupção ativa e lavagem de capitais. A transação foi intermediada por Mary Lanes, atuante como secretária do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Rio Doce (CISDOCE) na época, que também enfrenta condenação pelos mesmos crimes.

Em defesa, João Magalhães comentou sobre a decisão judicial: “Recebo com tranquilidade. As acusações são infundadas e não há indícios de que tenha recebido qualquer vantagem indevida. Isso será comprovado pelos meus advogados durante o processo”. Ele enfatiza sua conduta íntegra durante sua carreira pública e reitera seu compromisso em continuar trabalhando em prol de Minas Gerais.

Tags: ALMG, Governo de Minas, principal, romeu zema
Home » Política » Líder do governo em MG é condenado por corrupção e lavagem de dinheiro

Notícias Relacionadas