Lula adota estratégia política antiga para escolha de candidato à prefeitura em BH

O presidente Lula emprega tática conhecida como ‘cozinhar o galo’ para decidir apoio nas eleições à Prefeitura de BH

Por:

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva iniciou os preparativos para escolher seu candidato à Prefeitura de Belo Horizonte, adotando uma estratégia já utilizada anteriormente em Minas Gerais durante o período pré-eleitoral de 2022. Essa tática é popularmente chamada de “cozinhar o galo”, uma expressão que sugere um processo cuidadoso e prolongado, assim como a preparação da ave que requer tempo devido à sua carne dura.

Desde sua primeira visita a Minas no seu terceiro mandato, cinco meses atrás, Lula vem sinalizando apoio a dois pré-candidatos: Fuad Noman (PSD), que busca a reeleição, e Rogério Correia (PT). Um deles será escolhido por Lula como o candidato oficial.

Visita à capital mineira

Logo ao chegar em Belo Horizonte em 9 de fevereiro, Lula foi fotografado ao lado de Fuad Noman, numa selfie que o prefeito fez e compartilhou nas redes sociais. Essa ação foi vista como um sinal de apoio a Noman. No entanto, nas semanas seguintes, Rogério Correia intensificou sua presença nas redes sociais e entrevistas, destacando sua posição como vice-líder da base de Lula na Câmara e compartilhando fotos com o presidente durante visitas ao Palácio do Planalto.

Em 14 de junho, o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Márcio Macêdo, foi enviado por Lula a Belo Horizonte para participar de um encontro com estudantes e visitar o local do antigo aeroporto Carlos Prates, onde agora estão previstos projetos de construção de postos de saúde e escolas.

Durante a visita de Macêdo, que ocorreu ao lado de Rogério Correia, Fuad Noman decidiu não participar nem enviar representantes, evidenciando uma tensão entre os dois pré-candidatos. No entanto, essa tensão foi amenizada na visita subsequente de Lula a Minas, nos dias 27 e 28 de junho, onde novamente posou para fotos ao lado de Noman.

No dia seguinte, Lula anunciou investimentos para o estado em Belo Horizonte. Apesar de Fuad não ter participado do anúncio, Lula declarou em entrevista ao jornal O TEMPO que seu candidato para a Prefeitura de BH seria Rogério Correia.

Essa estratégia de Lula, de dar tempo ao tempo para observar qual dos dois pré-candidatos se fortalece, é uma tática para garantir que o escolhido tenha maior potencial de sucesso nas eleições. As convenções partidárias, que oficializarão os candidatos, estão marcadas para ocorrer entre 20 de julho e 5 de agosto.

Tags: eleições 2024, Fuad Noman, lula, principal, Rogerio Correia
Home » Política » Lula adota estratégia política antiga para escolha de candidato à prefeitura em BH

Notícias Relacionadas