‘Não sou Lula nem Bolsonaro, sou BH’, afirma prefeito Fuad Noman

Durante entrevista, o prefeito de BH falou sobre sua postura política e ações de gestão, negando extremos ideológicos e focando em apoio municipal

Por:

O prefeito de Belo Horizonte e pré-candidato à reeleição, Fuad Noman (PSD), destacou sua posição política neutra em relação aos espectros tradicionais de direita e esquerda durante uma sabatina organizada pelo UOL e pela Folha de S. Paulo. Segundo ele, esse tipo de debate deve ser restrito ao cenário nacional, enquanto o foco municipal deve estar nas necessidades diretas da cidade.

Neutralidade política e apoio governamental

Noman frisou sua independência ideológica ao relatar seu apoio ao presidente Lula no segundo turno das eleições, justificando que o motivo foi o benefício trazido a Belo Horizonte através de recursos federais. “Eu apoiei o presidente Lula no segundo turno porque ele se dispôs a ajudar Belo Horizonte e está fazendo isso. Então eu apoio, apoiei e estou muito satisfeito com a resposta. Belo Horizonte está recebendo recursos do governo federal que nunca tinha recebido antes e isso me interessa. O governador do estado tem ajudado e isso também me interessa. Quem quer ajudar Belo Horizonte tem o meu apoio”, afirmou o prefeito.

Críticas ao ex-presidente Bolsonaro

Em contrapartida, Noman criticou a gestão do ex-presidente Bolsonaro, especialmente no tocante ao suporte durante calamidades. “Nós tivemos uma chuva em 2020, o ex-presidente Bolsonaro esteve aqui, sobrevoou a cidade, falou que ia mandar um bilhão de reais para consertar a cidade e não mandou nada, mandou zero”, lamentou.

Apoio político nas eleições

Quanto à indecisão do ex-prefeito Alexandre Kalil sobre apoiar sua candidatura, Noman demonstrou compreensão e respeito pela autonomia de Kalil. “Nós temos que entender que o ex-prefeito Kalil é uma liderança importante em Belo Horizonte e em Minas Gerais e ele tem todo o direito de escolher se vai ou não participar da eleição”, explicou, destacando a importância de respeitar as decisões políticas pessoais.

O prefeito Fuad Noman foi o primeiro entre os pré-candidatos a ser entrevistado na série de sabatinas do UOL e da Folha, que visa explorar as visões e planos dos candidatos para as eleições municipais nas principais cidades do Brasil. A próxima sabatina será com o deputado estadual Rogério Correia (PT), evidenciando a continuidade do debate político em Belo Horizonte.

Tags: bolsonaro, Fuad Noman
Home » Política » ‘Não sou Lula nem Bolsonaro, sou BH’, afirma prefeito Fuad Noman

Notícias Relacionadas