Rodrigo Pacheco intensifica articulações políticas visando eleições de 2026

O senador e presidente do PSD se concentra fortemente nas eleições municipais para fortalecer a base do partido

Por:

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, tem intensificado as articulações políticas do PSD para as próximas eleições municipais. O foco é estabelecer uma base sólida para a disputa pelo governo de Minas Gerais em 2026.

Pacheco tem participado de encontros com possíveis aliados e marcado presença em cidades estratégicas para as eleições. Desde a posse do presidente Lula em 2023, o PSD conseguiu agregar 52 prefeitos mineiros ao partido, incluindo líderes de cidades importantes como Lavras, Passos e Uberaba. “Busco estar em um partido forte, com influência no governo federal e no Congresso Nacional”, afirmou a prefeita de Uberaba, Elisa Araújo, durante sua filiação ao PSD.

Mobilizando aliados

O deputado estadual Cássio Soares, presidente do PSD em Minas, tem liderado a busca por novos aliados, juntamente com o deputado federal Luiz Fernando Faria. A influência de Pacheco tem sido muito útil para atrair esses apoiadores. “É uma das maiores lideranças de Minas, um interlocutor importante, que tem um potencial de atração grande”, destaca.

Durante o prazo para mudança de partido dos candidatos em exercício, o PSD foi um dos partidos mais bem-sucedidos. Agora, o partido controla a maior quantidade de prefeituras do estado – aproximadamente 130 cidades.

Avaliações de especialistas

Lucas Gelape, pesquisador do Centro de Política e Economia do Setor Público na FGV, acredita que a adesão dos prefeitos ao PSD sinaliza uma movimentação estratégica de campanha. Ele ressalta que a oportunidade aberta para a disputa do governo de Minas em 2026, devido ao impedimento de reeleição do atual governador Romeu Zema, faz do apoio dos prefeitos um diferencial.

Além disso, o partido também se tornou líder em representação em municípios, estando presente em cerca de 800 cidades mineiras. Segundo Soares, o objetivo do PSD é lançar 400 candidatos nas disputas por prefeituras e eleger cerca de 50%. “Um bom resultado nas eleições municipais, com certeza vai nos dar força para uma candidatura nas próximas eleições”, afirmou.

Centrismo e expansão do PSD

Carlos Ranulfo, cientista político, ressalta que, além da liderança de Pacheco, outros fatores favorecem o crescimento do PSD. Ele menciona a lacuna na política brasileira para partidos verdadeiramente centristas e a habilidade do PSD de manter um bom diálogo com governos de todas as ideologias. Além disso, destaca a excelente gestão do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab. O PSD também tem mostrado crescimento em São Paulo, um estado onde o PSDB tem perdido presença.

Articulações recentes

Na última semana, Pacheco encontrou-se com o prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman, e com a prefeita de Contagem, Marília Campos, buscando garantir uma aproximação com esses políticos. Após a reunião, Noman afastou da prefeitura os secretários ligados a Marcelo Aro, Chefe da Casa Civil de Zema, dando mais espaço para aliados de Pacheco na administração municipal.

Em Contagem, após a reunião com Pacheco, o PSD conseguiu filiar o atual vice-prefeito, Ricardo Faria. Segundo aliados da prefeita Campos, a aliança com Pacheco pode ser o diferencial para que Faria dispute as próximas eleições como vice-prefeito.

Tags: eleições 2026, Rodrigo Pacheco
Home » Política » Rodrigo Pacheco intensifica articulações políticas visando eleições de 2026

Notícias Relacionadas