Saiba quem são os deputados federais mais ricos de Minas Gerais

Análise revela os parlamentares mais abastados de Minas Gerais com base nos dados declarados ao TSE

Por:

Com a chegada de mais um período eleitoral, os candidatos são obrigados a declarar seus bens ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), promovendo transparência nas eleições. Curiosamente, uma análise do Núcleo de Dados do EM consultou as informações disponíveis no TSE, identificando os deputados federais mais ricos de Minas Gerais.

Hercílio Coelho Diniz encabeça a lista

Em primeiro lugar, destaca-se Hercílio Coelho Diniz, do MDB. Vinculado à rede de supermercados Coelho Diniz, Diniz está no seu segundo mandato na Câmara dos Deputados. Com uma base eleitoral forte no Vale do Rio Doce, especialmente em Governador Valadares, onde nasceu e atua como empresário, Hercílio declarou possuir um patrimônio de R$ 65,9 milhões ao TSE.

Misael Varella, herdeiro e político

Seguindo Hercílio, temos Misael Varella do PSD. No seu terceiro mandato consecutivo em Brasília, Varella possui patrimônio declarado de R$ 43 milhões. Seu curral eleitoral situa-se na Zona da Mata, com foco em Muriaé. É filho do ex-parlamentar Lael Varella, e sua fortuna foi cultivada no setor da saúde, por meio da administração de hospitais da Fundação Cristiano Varella.

Dr. Mário Heringer e sua trajetória na saúde

O terceiro lugar é ocupado pelo Dr. Mário Heringer, presidente do diretório estadual do PDT e atualmente licenciado, aguardando retorno ao gabinete após as eleições. Com um patrimônio de R$ 10,3 milhões declarados ao TSE, Heringer está em seu sexto mandato consecutivo. Sua riqueza também provém do setor da saúde, tendo ocupado cargos de direção em hospitais do Rio de Janeiro. Ele é natural de Manhumirim, também na Zona da Mata.

Euclydes Pettersen e a influência agropecuária

Euclydes Pettersen, do partido Republicanos, figura na quarta posição com um patrimônio de R$ 5,2 milhões. Aos 39 anos, Pettersen está em seu segundo mandato em Brasília e acumulou sua fortuna no ramo da agropecuária. Ele é oriundo de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce.

Paulo Abi-Ackel e a herança política

Paulo Abi-Ackel, vice-presidente da executiva nacional do PSDB, é o quinto na lista, com um patrimônio de R$ 4,7 milhões. Filho do ex-parlamentar e ex-ministro durante a ditadura, Ibrahim Abi-Ackel, ele nasceu em Belo Horizonte e está em seu quinto mandato na capital federal. Sua carreira foi construída no ramo da advocacia.

A bancada mineira conta, ao todo, com 26 deputados milionários. A transparência destas declarações permite aos eleitores maior conhecimento sobre a condição financeira de seus representantes.

Tags: Câmara dos Deputados, TSE
Home » Política » Saiba quem são os deputados federais mais ricos de Minas Gerais

Notícias Relacionadas