Saiba quem são os deputados mineiros que assinaram para impeachment de Lula 

Nove deputados federais de Minas Gerais assinaram o pedido de impeachment após compararações de Israel com o Holocausto

Por:

Até a tarde desta terça-feira (20), nove parlamentares de Minas Gerais assinaram o pedido para iniciar um processo de impeachment contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A iniciativa foi proposta pela deputada federal Carla Zambelli na noite do último domingo (18). A ação ocorre em resposta a recentes declarações do presidente, nas quais comparou as ações de Israel contra os palestinos com o Holocausto nazista contra judeus.

Motivações dos parlamentares

Os representantes mineiros que assinaram o texto compartilharam suas motivações com o jornal de Minas. Cabo Junio (PL-MG) acredita que, dado o histórico de escândalos de corrupção, Lula nunca deveria retornar à presidência. “Hoje, por outro motivo, estamos empenhados em responsabilizá-lo pelas declarações criminosas. O ataque ao povo de Israel, a zombaria com o holocausto e a exposição tão negativa do nosso país não podem ficar impunes”, afirmou.

Ana Paula Junqueira Leão (PP-MG) destacou que as declarações do presidente “envergonham o país perante o mundo, estimulam e aprovam o terrorismo promovido pelo Hamas, desrespeitam o povo de Israel”. Para ela, o presidente menospreza um dos capítulos mais trágicos e desumanos da história ao comparar o conflito em Gaza com o Holocausto. “Definitivamente, o caminho da paz não será construído por narrativas falsas e irresponsáveis e com interesses ilegítimos, e muito menos com a defesa de terroristas”, concluiu.

Consequências para a imagem do Brasil

Segundo a deputada, a “declaração absurda” do presidente compromete as relações internacionais do Brasil, prejudicando a economia e o povo brasileiro. Ela aponta que a falta de apoio e os contínuos ataques ao agronegócio brasileiro, que sustenta a economia do país, somam-se a esses problemas.

Mauricio do Volêi (PL-MG) e Eros Biondini (PL-MG) também expressaram sua insatisfação com as declarações do presidente sobre a guerra em Gaza. “Sou conhecedor do que a humanidade viveu com o Holocausto, não posso deixar de me indignar e de repudiar uma fala que compara a luta de Israel, após sofrer um ataque terrorista, com o que Hitler fez à 6 milhões de judeus”, disse Biondini, membro da Frente Católica.

Requerimento de impeachment

Até agora, 113 deputados federais assinaram o requerimento de impeachment de Lula. A reação ocorre após o presidente comparar a situação em Gaza com o genocídio de judeus pelo regime nazista de Adolf Hitler. No entanto, para um pedido de impeachment ser aprovado, não é necessária uma quantidade mínima de assinaturas, como no caso de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC). A decisão final sobre o avanço do pedido depende do presidente da Câmara dos Deputados, atualmente Arthur Lira (PP-AL). Requerimentos de impeachment anteriores contra Lula foram arquivados por Lira e existe a tendência de que o mesmo ocorra com essa denúncia.

Tags: deputados, lula, principal
Home » Política » Saiba quem são os deputados mineiros que assinaram para impeachment de Lula 

Notícias Relacionadas