Servidores do Ibama e ICMBio entram em greve em MG contra proposta do governo

A greve, que começa em 1° de julho, afeta 120 servidores e pode comprometer várias atividades de proteção ambiental no estado

Por:

Servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) em Minas Gerais anunciaram uma greve a partir de 1° de julho. A decisão foi tomada em uma assembleia geral realizada na última sexta-feira (14). Segundo uma nota divulgada pelo Ibama, 120 servidores, sendo 90 do Ibama e 30 do ICMBio, aderirão à paralisação.

A greve foi motivada por uma proposta do governo que, segundo os servidores, “impacta negativamente os níveis iniciais da carreira e prolonga a trajetória profissional, tornando a carreira menos atrativa para novos servidores”. Além disso, 25% dos novos concursados do Ibama abandonaram a carreira desde 2022, um indicativo claro da crescente insatisfação com as condições de trabalho. “O governo insistiu na quebra de acordos anteriores, afetando parte dos servidores, incluindo os do Programa de Estabilidade de Carreiras do Meio Ambiente (Pecma)”, explicam os servidores.

Impacto da greve nas atividades

Durante o período de greve, as superintendências, unidades técnicas, Cetas, gerências regionais, Centros de Conservação e Unidades de Conservação terão atendimento ao público severamente restrito, com apenas serviços essenciais mantidos por um percentual mínimo de servidores. “Durante a greve, o atendimento ao público será prejudicado, com serviços restritos aos essenciais”, afirmam os servidores. Esta paralisação pode afetar gravemente a fiscalização, o monitoramento, o licenciamento ambiental e outras atividades essenciais para a proteção do meio ambiente, além de provocar atrasos em processos e ações que dependem da atuação desses servidores.

Além de Minas Gerais, outros 15 estados também aprovaram movimentos grevistas, indicando uma insatisfação generalizada entre os profissionais dessas autarquias federais ligadas ao Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Tags: Governo de Minas, Ibama, romeu zema
Home » Política » Servidores do Ibama e ICMBio entram em greve em MG contra proposta do governo

Notícias Relacionadas