Zema busca apoio na Assembleia Legislativa para regime de recuperação fiscal

Em entrevista, secretário Gustavo Valadares destaca esforços para conseguir votos necessários e espera lealdade dos deputados

Por:

O governo de Minas Gerais está em uma corrida contra o tempo para garantir que a maioria da Assembleia Legislativa apoie o Regime de Recuperação Fiscal, uma medida considerada crucial para as finanças do estado. Segundo o secretário de governo, Gustavo Valadares, em entrevista ao Café com Política da FM O TEMPO 91,7, são necessários pelo menos 40 dos 77 votos dos deputados estaduais para que o projeto seja aprovado.

Na entrevista, Valadares revelou que tem “trabalhado diuturnamente” para assegurar o quórum necessário. Ele expressou confiança de que os deputados compreendem a gravidade da situação. “Eu tenho trabalhado diuturnamente para poder conseguir os votos que eu preciso. Acho que os deputados entendem a complexidade do assunto, que ou a gente vota a adesão ao regime se não tivermos a dilação de prazo ou nós vamos pagar R$ 6 bilhões à União”, afirmou.

Reajuste de servidores do estado

Após uma votação apertada que resultou em um reajuste de 4,62% para os servidores do estado, Valadares assegurou que não houve retaliações contra deputados da base que se posicionaram contra o executivo. No entanto, ele enfatizou a importância da lealdade dos parlamentares. “Para se ter uma base sólida é preciso reconhecer aqueles companheiros nos bons e nos maus momentos, como num casamento. O que eu tenho cobrado da Assembleia é isso, que os nossos companheiros da base sejam leais e companheiros nos bons e nos momentos duros”, declarou.

Tags: ALMG, Governo de Minas, romeu zema
Home » Política » Zema busca apoio na Assembleia Legislativa para regime de recuperação fiscal

Notícias Relacionadas